Urgente: Sérgio Moro pode dar o troco nos ministros do STF com um contra-golpe

SNeves|2018-03-28

Juiz federal paranaense não deixará a Operação Lava Jato simplesmente morrer e pode dar um grande troco.

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, com certeza não gostou do que viu no Supremo Tribunal Federal (STF)  [VIDEO]na sessão desta quinta-feira (22). A Corte decidiu suspender o julgamento de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e para facilitar ao petista, foi concedida uma liminar para queLula  [VIDEO] não seja preso antes de julgarem o seu habeas corpus.

Ao receber a notícia, Lula ironizou a Justiça e afirmou que se sentia muito feliz com tudo isso: "Pense num cabra animado", disse aos risos.

Porém, essa decisão dos ministros poderia ser uma forma de sentir qual será a reação das pessoas.

Segundo Daniel Falcão, professor do instituto de Direito Público, em uma entrevista ao Estadão, ele falou que a suspensão do habeas corpus de Lula pode ser uma estratégia do Supremo para saber se as pessoas vão reclamar disso ou vão aceitar tudo tranquilamente.

Sérgio Moro pode então aparecer com tudo e "emparedar" os ministros da Corte com um verdadeiro contra-golpe. Uma grande revolta pode acontecer na segunda-feira (26). O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) pode liberar ao juiz Sérgio Moro a execução provisória da pena do ex-presidente. Moro decidiria pela prisão de Lula e suas palavras poderiam se transformar num grande problema para a Corte. Conforme informações do site "Papo TV", seria a mesma coisa que Moro avisar aos ministros que a sua parte já foi feita e que resta agora eles fazerem a parte deles para impedir que a impunidade tome conta do país.

Pressão nas ruas

O povo pode se revoltar com o  #STF e ficar indignado com as manobras para garantir benefícios especiais para o ex-presidente Lula. Ministros ficariam pressionados e o povo pode voltar às ruas contra a corrupção. Seria um momento vergonhoso para o STF.

Os ministros defensores de Lula poderiam ficar perdidos em ter que enfrentar a população e um grande caos pode tomar conta do país.

Ataques à Corte

Os ataques de revolta contra os ministros do Supremo já começaram. Generais já deram sua opinião sobre a sessão desta quinta (22) e o STF viverá uma páscoa turbulenta.

O general Luiz Eduardo Rocha Paiva declarou que chegou a hora das pessoas se revoltarem contra o STF e irem às ruas se pronunciar.

Segundo Paiva, os ministros da Corte não possuem compromisso com as Leis e desprezam as pessoas. A contaminação na Corte é grande e a política fala mais alto buscando interesses partidários.  #Sergio Moro